Blog
Curiosidades sobre a Portaria Remota

Curiosidades sobre a Portaria Remota

03 de dezembro de 2021

O que é portaria remota?

Pense nos serviços de atendimento de um porteiro. Agora, imagine ele fazendo essas atividades a distância, desde um escritório e sem a necessidade de estar na portaria do condomínio. Como dentro da portaria não há nenhum funcionário, o visitante vai conversar com alguém no escritório ao interfonar. Ou seja, a comunicação é feita com alguém que está distante, remoto. Esse é o conceito de uma portaria remota.

Ela faz o controle de entrada e saída a distância através de um sistema de monitoramento, automatizando as atividades previstas para um porteiro presencial.

Como funciona a portaria remota em condomínios?

Por meio de câmeras e interfones desse sistema de monitoramento, a central consegue identificar e fazer a gestão das solicitações de entrada no condomínio. Quando o visitante chega na portaria e toca o interfone, a ligação vai direto para o atendente da central. A empresa faz a identificação e permite a entrada se o morador já tiver enviado uma mensagem para a central antecipando a liberação. Caso contrário, o morador é acionado por interfone ou pelo próprio celular através de mensagens ou aplicativos do sistema de portaria.

A entrada dos moradores também é totalmente automatizada. Entre as opções oferecidas pelo mercado estão interfones com senhas individuais, biometria, tags, cartões de acesso eletrônicos etc.

Algumas dúvidas

Veja as resposta para algumas das principais dúvidas na hora de decidir por uma portaria remota.

  • E se acabar a energia? O condomínio deve contar com geradores para manter o funcionamento da portaria em casos de queda de luz. Além de procedimentos de segurança para desativar o sistema em necessidade de abertura dos portões.
  • E a entrega de encomendas? A central pode ser orientada para que as encomendas sejam direcionadas ao zelador. Caso isso não seja possível, elas só poderão ser recebidas pelos moradores.
  • E pedidos de delivery? A central de atendimento irá adotar as normas do condomínio. Normalmente, os moradores são avisados e descem para receber o pedido.
  • E se o leitor não identificar o morador? O morador pode acionar a central pelo interfone caso a senha, tag ou cartão não funcionem.
  • Como a central se comunica com o morador? Quase sempre, por interfone, mas a maioria das empresas já oferece contato por celular. Algumas, inclusive, disponibilizam aplicativos exclusivos para o condomínio.

Comente essa publicação

Entre em contato!